desfile, brasil, antigos, fause haten, cavalera, sommer, ronaldo fraga, neon, 2002

Sobre Desfiles de Moda

Eu nunca na vida cogitei trabalhar em outra área que não fosse moda. Quando eu estava na sétima série, já dizia que eu ia ser estilista! Acho que da área, essa foi uma das únicas vertentes que eu nunca trabalhei, mas nas outras opções, já fiz de tudo! Logo no começo de 2002, bem no meio das férias, achei por acaso um canal na finada DirecTv, que passava desfiles da SPFW o dia todo. Foi naquele momento que eu me senti pela primeira vez como parte da moda, tinha mais certeza ainda do que queria fazer da vida!
Separei alguns desfiles que me marcaram naquela semana (sim, minha memória é ótima!), da época que os desfiles eram shows à parte! Esse primeiro vídeo é desfile de inverno do Marcelo Sommer, me faltam palavras para descrever toda a grandeza envolvida. Apenas assistam!

Esse próximo vídeo é do Ronaldo Fraga, numa crítica contra a mundo sem graça das modelos, ele fez um desfile no qual as roupas desfilavam em cabides. Chocante. Mais chocante ainda foi quando alguma coisa deu errado e houve um problema no sistema que carregava as roupas. Foi aí que as pessoas que trabalharam na construção da coleção entraram na passarela carregando as roupas. Me arrepio inteira só de lembrar.


São Paulo Fashion Week – Desfile Ronaldo Fraga

O próximo é o desfile da Cavalera, na época que essa marca era a mais desejada pelos jovens! As camisetas eram itens de coleção e os desfiles eram sempre teatrais! Nesse desfile de inverno a presença de Francisco Cuoco surpreende a platéia, embalado pela trilha sonora que é um mix de novelas e programas famosos, como TiTiTi e Jornal Nacional!

São Paulo Fashion Week – Desfile Cavalera

 

Fause Haten sempre foi de tirar o fôlego. Na minha visão ele era o estilista chique, para se comparar com Chanel e Dior! De fato, seus desfiles sempre foram mais sofisticados, tanto no estilo das roupas quanto no show em si! Atemporal.

São Paulo Fashion Week – Desfile Fause Haten

Por último eu quero relembrar um desfile que aconteceu no Inverno de 2010, foi da Neon e eu estava lá pessoalmente. A Neon sempre foi conhecida pelos seus desfiles surpreendentes, nessa edição eles colocaram um leão gigantesco no meio da passarela e até então todo mundo achou que a surpresa do desfile era essa. As roupas eram lindas e o tema eram os animais. No final do desfile teve a clássica entrada de todas as modelos, todo mundo ficou de pé e aplaudiu. Porém, não era o fim do desfile, enquanto todo mundo batia palma, várias modelos começaram a entrar na passarela com roupas de bicho. Foi surreal! De novo, arrepio só de lembrar!

O tempo está passando e a sensação que eu tenho é que a moda no Brasil está tomando um rumo estranho, no qual as marcas convidam meninas que vendem a virgindade para ser estrela do desfile, só vemos cópias nas passarelas e o interesse comercial supera a criatividade. Eu não quero viver em um mundo (da moda) assim, sinto falta mesmo da mão na massa, da quebra de tabus, da surpresa! Mas acredito que alguma coisa esteja por vir, o fato da SPFW ter mudado seu calendário para entrar no eixo internacional indica que o Brasil está tomando novos rumos. Espero, do fundo do coração, que a moda deixe de ser “look do dia”, “jabá” e “esmalte da semana” para voltar a ser a moda que eu cresci vendo e desejando, mesmo que para isso ela se torne distante de mim e eu só conviva com ela folheando revistas e desejando ser a Carrie Bradshaw.

Quero aproveitar para te convidar a me seguir lá no Instagram, onde eu compartilho muitas, muitas fotos de todos os lugares pelos quais eu passo! Segue lá: @giovanaquaglio ♥

inscreva, canal, youtube